O TREN DAS NUVENS



TREM DAS NUVENS

“TREN A LAS NUBES”

VIADUTO EL POLVORILLLA - VISTO POR BAIXO

Há muito tempo ouvia falar deste passeio de trem e sempre tive curiosidade em fazer a viagem num dos trilhos mais altos do mundo.
A Ferrocarril General Manuel Belgrano, conhecido popularmente como Tren de las Nubes, é uma ramificação da linha ferroviária da “Ferrovias Argentinas” que une as estações de Salta com a de La Polvorilla, sobre a Cordilheira dos Andes, subindo em alguns trechos, a mais de 4 200 metro de altitude.
O Trem das Nuvens é um serviço de comboio turístico na província de Salta, Argentina. O serviço é executado ao longo da parte oriental da linha que liga o noroeste argentino com a fronteira com o Chile na Cordilheira dos Andes. Com mais de 4.220 metros acima do nível do mar, é a terceira mais alta ferrovia do mundo.
Até meses atrás, o embarque no trem era na própria cidade de Salta, com duração de 5 horas somente de ida. Porém, desde o ano passado, o embarque do passeio é feito unicamente na cidade de San Antonio de Los Cobres, distante 170 km de Salta pela Ruta 51.

ESTAÇÃO DE TREM SAN ANTONIO
Fizemos as reservas e compramos os tickets do trem pelo menos 2 meses antes, e como estávamos em 9 pessoas, alugamos uma van com motorista e guia somente para o nosso grupo.
O trem parte pontualmente ao meio dia de San Antonio, então saímos as 08:00 horas do Sheraton e fomos fazendo um belo passeio através de paisagens fantásticas. A Ruta 51 praticamente acompanha os trilhos da ferrovia até San Antonio.
PAISAGENS DESÉRTICAS COM VISTAS ESPETACULARES

RUTA 51 CORRE PARALELA AOS TRILHOS DA FERROVIA
Paradas em locais muito bacanas ao longo do trecho e dai a importância de um guia, que sabe exatamente os melhores pontos para fotografias, museus e locais para banhos e um café.
San Antonio de Los Cobres é um povoado no meio do nada, ruas de terra e um povo extremamente religioso, o que deu para perceber já na entrada da cidade.
MARCO NA ENTRADA DA CIDADE DE SAN ANTONIO
O trem é muito confortável, bancos largos e permite que grupos inteiros fiquem juntos, desde que tenham comprado os bilhetes para o mesmo vagão.
Estava completamente lotado de turistas de toda parte do mundo.
LINDAS PAISAGENS E MUITAS FOTOS DURANTE O PERCURSO
E partiu, sempre subindo, com duração na subida de 1hora e meia e na volta de 1 hora.
Pelas janelas, belíssimas paisagens de ambos os lados do trem, até chegar ao ponto em que há uma inversão de locomotiva. Ele parte de San Antonio puxando o trem, mas em determinado ponto, o trem para, a locomotiva se desprende e através de outro trilho, atraca na parte de tras dos vagões e passa a empurrar o trem morro acima.
No ponto máximo, chamado de viaduto Polvorilla, onde a altitude é de 4.220 metros sobre o nível do mar, o trem para e ao som de musica clássica, se pode observar a belíssima obra de engenharia que ali foi feito no final do século 18. De fato impressionante como aquilo foi construído com ferramentas rudimentares.
VIADUTO EL POLVORILLA VISTO DE CIMA

INFORMACOES DENTRO DO TREN SOBRE O VIADUTO

O trem dispõe de vagão restaurante, com lanchonetes e tudo mais, mas nós tínhamos preparado um pick nic , o que é permitido, dentro do próprio trem. Foi o pick nic mais alto do mundo com certeza......
O PICK NIC NAS ALTURAS - 4290 metros acima nivel do mar
Vinhos da melhor qualidade, “jamons e quesos” foram degustados por todos do grupo, incluindo alguns convidados que agregamos no trem e que passaram a fazer parte do grupo.
Em todos os vagões existem enfermeiros e aparelhos de oxigênio, e o que vimos foram varias pessoas necessitando de auxilio, pois de fato, a altitude para quem não esta acostumado, causa alguns problemas, não graves, mas mal estar etc.

De volta, tomamos a van retornando a Salta, sem antes visitar alguns outros pontos interessantes no caminho, como por exemplo "Marco Abra Blanca" ali fixado em 1915 que marca a passagem do primeiro carro carburado naquela altura de mais de 4.000 metros, um fato que ficou marcado na indústria automobilística mundial na época.

MARCO ABLA BLANCA - UM FEITO DO SECULO 19
Vimos a força e a determinação do povo do deserto, um povo extremamente forte, que sobrevive no meio do nada com poucos recursos, mas não vi nenhuma criança sem um sorriso no rosto, o que nos permite dizer que por ali viverão ainda por anos e anos.
COMUNIDADES INTERLIGADAS POR OBRAS DA IGREJA

O passeio vale a pena, é uma experiência fantástica que certamente nosso grupo irá guardar para sempre, no álbum da saudade.
BELAS PAISAGENS NA RUTA 51
Viajar é isso, compartilhar momentos alegres e voltar a ser crianças novamente, como este passeio no trem das nuvens.

San Antonio de Los Cobres - AR
Maio de 2019
S.Pires

Comentários