USHUAIA - Duas Rodas e Um Sonho - Dia 19

Ushuaia – Duas Rodas e um Sonho
Dia 19 – Buenos Aires - Chuí
De: Buenos Aires - AR
Para: Chuí - BR
Km do Trecho: 327
Km Acumulado: 9.238

Motos sendo amarradas no interior do Buque Bus que faz a travessia através do Rio da Prata entre Buenos Aires e Montevidéo - tudo muito arrumado e seguro.
O dia anterior foi todo dedicado aos reparos das motos em Buenos Aires, algumas precisando trocar os pneus, e outras o óleo e alguns re apertos, pois a viagem tinha sido extenuante até aqui.
Mas todas as motos agüentaram muito bem e não tivemos nenhum problema mecânico, a não ser, pequenas ocorrências que não atrasaram nem comprometeram a segurança de nenhum dos companheiros.
Saímos cedinho do Hotel e seguimos em comboio para a estação de embarque do Buquebus.
Os tickets já havíamos comprado quando havíamos chegado a  Buenos Aires.
O Buquebus é um transporte muito seguro e moderno entre as capitais Buenos Aires e Montevidéo, e sua estação de embarque em Puerto Madero , muito limpa e organizada, fazendo lembrar das grandes estações de trem da Europa.
O barco que faz a travessia é grande e muito confortável, e os veículos viajam no convés, onde competentes fiscais, orientam e posicionam os carros de forma a não sobrar quase espaço entre um veículo e outro.
As motos, ficam estacionadas uma atrás da outra, em uma das laterais devidamente preparada para tal, onde são amarradas uma a uma para não ter risco de caírem durante a travessia do Rio da Prata, que separa a Argentina do Uruguai.

Parda em Punta Ballena - ao fundo se avista Punta del Este

Desembarcamos em Montevidéu, dia lindo, muito calor.
Procedimentos muito rápidos na alfândega de chegada e já estávamos rodando, rumo a Punta del Leste onde almoçamos e fizemos o roteiro turístico passando por toda a orla marítima.
Pegamos a ruta 9 , com destino a fronteira com Brasil e as 19:30 h, chegamos a aduana uruguaia  na cidade de Chuy.
Parada próximo ao Chuy - Ainda no Uruguay
Aqui importante parar na aduana Uruguaia e dar a baixa na entrada da moto para não ter problemas em viagens futuras.
Do lado brasileiro, a nossa Chuí foi alcançada logo depois.
A fronteira dos dois países aqui é uma rua apenas.
 
Abastecemos as motos e direto ao hotel ali mesmo na beira da estrada.
Dormimos cedo, pois marcamos sair as 06:00 horas.
S.Pires
Chui - BR

Comentários