TERA SIDO OBRA DO MEU ANJO DA GUARDA?


Santuario de Aparecida - SP
É engraçado como certas coisas acontecem na nossa vida e muitas vezes não nos damos conta de que tudo não passa de uma simples obra do nosso ANJO DA GUARDA.
A história que vou relatar é uma delas, que somente me dei conta de foi uma mãozinha do meu Anjo da Guarda, depois de passado a raiva, o desapontamento e por que não dizer, o susto pelo ocorrido.
A história a seguir é verdadeira e aconteceu conosco no ultimo final de semana.

Há tempo planejávamos esta viagem até Aparecida do Norte, cidade maravilhosa que abriga a monumental catedral da Virgem de Aparecida, ou Catedral de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, a padroeira do Brasil.
Saímos cedo de Blumenau com determinação fixa de chegar ainda de dia em S.José dos Campos, onde dormiríamos em um confortável hotel, para no dia seguinte, rodar mais 85 km e podermos assistir a missa matinal de sábado.
E assim o fizemos, viagem maravilhosa apesar da chuva que nos castigou no ultimo terço da viagem e que nos fez dobrar a atenção na subida da serra do mar pela Rodovia dos Tamoios, que pegamos na cidade de Caraguatatuba, litoral norte de S.Paulo e chegamos ao cair da noite ao nosso destino.
Chegamos todos bem, cansados mais felizes por ter completado o primeiro trecho da nossa peregrinação, com direito a um animado brinde no jantar, rodeado de amigos que conosco dividiram os 920 km pilotados no primeiro dia.

Sábado cedo, motos alinhadas e encilhadas e partimos todos, chegando as 08:30 e estacionando as motos na sombra da esplendorosa basílica de Aparecida.

A basílica é monumental pela sua imponência, mas o mais incrível é a sensação de paz, de ternura e de tranqüilidade que você sente ao adentrá-la. É difícil descrever esta sensação. As pessoas lá dentro são humildes, mas se nota a imensa fé que milhares de romeiros demonstram ao vislumbrar a entrada da Virgem Santa por uma das asas da Basílica. Poder abraçar os amigos que nos acompanhavam e outros que lá se juntaram foi realmente muito bom e ainda melhor, poder agradecer por etapas vencidas, por dificuldades enfrentadas e ao final pedimos uma benção e proteção especial para todos nós para que voltássemos salvos a nossos lares.(o grifo você vai entender mais para frente).
Motos alinhadas e novamente estávamos na estrada, agora com destino a nossa terra natal, nossa querida Itu, onde parentes nos aguardavam para um animado jantar.

Paramos em um posto na Dutra onde abastecemos as motos e era hora de abastecermos a nós também.
E foi neste ponto que pergunto novamente: TERIA SIDO OBRRA DO MEU ANJO DA GUARDA?.
No piso do posto de gasolina não havia absolutamente nada, nenhuma pedra, nenhum obstáculo, absolutamente nada que pudesse sugerir qualquer situação de perigo para que minha moto não pudesse passar por aquele local.
Porém, depois do ocorrido, fui conferir e havia sim um grande obstáculo.
O obstáculo a que me refiro não media mais do que 1 cm de comprimento e não mais do que 3mm de altura, porém foi exatamente neste obstáculo de metal, exatamente neste minúsculo pontinho que o cavalete central de minha moto enroscou e como era de aço, foi forte o suficiente para que houvesse um tranco no cavalete que é preso embaixo da moto na caixa de câmbio, que acabou por danificar a caixa da minha BMW.

Pés no chão, óleo vazando por todo lado, minha viagem de moto se encerrava neste exato momento.....


Era óleo para todo lado.....

Pergunto: De quem mais poderia ser a obra, senão do meu ANJO DA GUARDA?
O que viria pela frente sem esta quebra?
O que aconteceria conosco, caso continuássemos?
Aconteceria algo?
Chegaríamos em segurança em casa?
Ninguém sabe e nem nunca saberemos.....

O certo é que na hora nem me lembrei de minha prece na Basílica, onde pedi proteção ao voltar para casa e entendi o recado. Vim a pensar nisso depois, já dentro do carro de apoio vendo meus amigos felizes á frente.

Então fiquei feliz por não estar mais em cima de minha moto e mais feliz ainda, vir dirigindo a Land Rover e olhando meus amigos de costas para mim, felizes, e sabendo que eles voltariam a salvo para casa, pois caso contrário, um pequeno obstáculo os teria barrado também.

Obrigado a Nossa Senhora da Aparecida, que nos trouxe a todos salvos a nossa casa.
Quanto a minha moto? Chegou também a oficina em Florianópolis, onde aguarda conserto e logo logo, estaremos novamente viajando juntos, felizes.

Se algo parecido vier a acontecer contigo, não fique nervoso nem desapontado, pois seguramente terá sido obra do SEU ANJO DA GUARDA!
Que ELE olhe por você e o proteja sempre.

S.Pires
Blumenau, outubro de 07

Comentários